CARAVANA TEXIANA NO XIII FESTIVAL DE BD DE BEJA

Mário João Marques, António Lança-Guerreiro, Rui Brito, Carlos Moreira, Pedro Bouça e Teresa Moreira, no stand da Polvo Editora, em Beja, com exemplares portugueses de Tex nas mãos

Nesta última sexta-feira, dia 26 de Maio, foi inaugurado o XIII Festival de Banda Desenhada de Beja, um dos mais importantes Festivais dedicados à 9ª Arte em Portugal, evento que decorrerá na capital do Alentejo até ao próximo dia 11 de Junho, abraçando exclusivamente o Centro Histórico da cidade e em especial o Largo do Museu Regional, epicentro desta Festa da BD. São dezoito (18) as exposições patentes ao público e dez (10) os países representados, da Argentina à Dinamarca, passando por Angola, Itália e Roménia.

Para além das exposições, o Festival oferece aos visitantes uma programação paralela bastante diversificada, em que pontuam as apresentações de projectos, as conversas à volta da BD, o lançamento de livros, as sessões de autógrafos, workshops, concertos desenhados, etc, etc. Como não podia deixar de ser, o Festival tem também à disposição dos visitantes o Mercado do Livro — a maior livraria do país durante este período, com mais de 60 editores presentes — e uma zona comercial com várias tendas instaladas (venda de action figures, arte original, posters, prints, etc).

E foi precisamente no Mercado do Livro, onde obviamente Tex está presente através das publicações da Polvo Editora, que se reuniram vários fãs e coleccionadores de Tex que no passado sábado, 27 de Maio, aproveitaram para se deslocar a Beja e desfrutar de mais um grande evento dedicado à Banda Desenhada, onde se pode inclusive ter acesso às belas edições texianas, como confirmam os exemplares nas mãos dos pards Mário João Marques, António Lança-Guerreiro, Carlos Moreira, Pedro Bouça e da Lilyth Teresa Moreira, posando no stand da Polvo Editora, acompanhados pelo infatigável editor Rui Brito.

Aqui deixamos a informação, para todos os interessados que se desloquem a Beja nas próximas duas semanas, de que podem encontrar esses exemplares à venda por lá.

Momento de lazer em Beja, com a presença do jornalista João Miguel Lameiras

Mas por Beja também estiveram muitos outros pards conhecidos, como por exemplo o José Eduardo Monteiro, o jornalista João Miguel Lameiras e Carlos Rico, responsável maior pelos eventos da Banda Desenhada em Moura e principal responsável, também, pela primeira vinda de um desenhador de Tex a Portugal (Fabio Civitelli em 2007), que abriu portas para a presença do próprio Civitelli e de muitos outros autores texianos noutros eventos realizados no nosso país, até aos dias de hoje.

Carlos Moreira e Carlos Rico confraternizando em Beja

Uma das “estrelas” presentes nesse fim de semana foi o desenhador italiano Paolo Mottura, que já fez mais de 100 histórias para as revistas da Walt Disney (entre as mais apreciadas, podemos mencionar “Moby Dick”, “On the Road”, “Metropolis” e as que realizou para a revista PK), mas que também já desenhou Dylan Dog para a Sergio Bonelli Editore e que ficou admirado por ver que Tex tem tantos fãs no nosso país.

Na imagem seguinte, vemo-lo posando junto de Carlos Moreira e Mário João Marques, directores do Clube Tex Portugal, e tendo nas mãos um exemplar da revista do dinâmico Clube Português dedicado ao famoso Ranger!

Carlos Moreira e Mário João Marques com o desenhador Paolo Mottura, que exibe um exemplar da revista do Clube Tex Portugal, após ter desenhado um belo Mickey

Em conclusão, mais um grandioso evento dedicado à Banda Desenhada em Portugal, onde o nosso amado Ranger se fez também representar, através das suas edições e dos seus entusiásticos fãs e coleccionadores.

(Reportagem extraída, com a devida vénia, do Tex Willer Blog).

A REVISTA DO CLUBE TEX PORTUGAL SOMA E SEGUE

tex-contracapa-5-281-copy

Ilustração de Michele Benevento na contracapa da revista  nº 5 do Clube Tex Portugal.

A revista nº 5 do Clube Tex Portugal, que começou no passado mês de Dezembro a ser enviada aos sócios do Clube, continua a chegar aos seus destinatários, seja através da entrega pessoal por parte do director Carlos Moreira, seja por via postal, não somente para Portugal, mas também para os países onde existem associados do Clube Tex Portugal, como por exemplo na Itália, França e Holanda.

Recheado de interesse, como todas as edições anteriores, com ilustrações inéditas de  artistas italianos e portugueses, a começar pelas espectaculares capas (a principal e a extra), da autoria de Maurizio Dotti, este número da revista do Clube Tex Portugal será certamente lido num fôlego por todos os sócios, alguns dos quais já enviaram as suas fotografias ao Tex Willer Blog (de onde reproduzimos várias, com a devida vénia), exibindo com regozijo os novos exemplares que vieram enriquecer a sua colecção.

francesco micoli com as duas versões da revista nº 5 do Clube Português

Francesco Micoli com as duas versões da revista nº 5 do Clube Português.

roberto-roli-exibe-orgulhosamente-a-revista-no-5-do-clube-tex-portugal-juntamente-com-as-duas-versoes-de-o-segredo-do-juiz-bean-da-polvo-editora

Roberto Roli exibe orgulhosamente a revista nº 5 do Clube Tex Portugal, juntamente com as duas versões de “O Segredo do Juiz Bean”, da Polvo Editora.

Sócio António Moreira, em França, exibe a revista nº 5 do Clube Tex Portugal.

socia-fernanda-martins-na-holanda-lendo-a-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

A sócia Fernanda Martins, na Holanda, lendo a revista nº 5 do Clube Tex Portugal.

socia-teresa-moreira-exibe-as-suas-duas-revistas-no-5-do-clube-tex-portugal

A sócia Teresa Moreira exibe as suas duas revistas nº 5 do Clube Tex Portugal.

as-duas-versoes-da-revista-nc-5-do-clube-tex-portugal-nas-maos-do-socio-pedro-martins

As duas versões da revista nº 5 do Clube Tex Portugal nas mãos do sócio Pedro Martins.

Partilhamos também, com os nossos leitores que ainda não conhecem a revista do Clube Tex Portugal, o sumário deste número e algumas das suas 48 páginas, recheadas, como já referimos, de magníficas ilustrações e de textos escritos pelos seus melhores colaboradores, portugueses, brasileiros e italianos, cujo entusiasmo, talento e dedicação à revista e ao Clube que ostentam o nome da mítica criação de Gianluigi Bonelli e Aurelio Galleppini, é a principal razão por que esta briosa equipa, chefiada por Mário João Marques (director) e José Carlos Francisco (coordenador), tem sido capaz de superar o excelente trabalho realizado, número após número.

Parabéns, pois, ao Clube Tex Portugal, que já começou a organizar a sua próxima Mostra, em Anadia, com data marcada para 29/30 de Abril de 2017 e a presença de mais dois autores italianos ligados a Tex e à editora Bonelli, mas também com um ilustre passado no mundo dos fumetti: Andrea Venturi e Leomacs (Massimiliano Leonardo).

(Ver mais notícias sobre esta Mostra e a revista do Clube Tex Portugal no Tex Willer Blog: http://texwillerblog.com/wordpress/?p=69722)

associe-se-ao-clube-tex-portugal-copy

O 4º GRANDE CONVÍVIO DO CLUBE TEX PORTUGAL

Reportagem de José Carlos Francisco (texto e fotos) e Cristina Costa Amaral (fotos)

direccao-do-clube-tex-portugal-e-os-editores-de-tex-nº-lancamento-da-revista-no-5-do-clube

Direcção do Clube Tex Portugal e os editores de Tex (Dorival Vitor Lopes e Rui Brito) no lançamento da revista nº 5 do Clube

familia-texiana-no-lancamento-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

Família texiana no 4º convívio do Clube Tex Portugal

Família-texiana-no-lancamento-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal1

A grande família texiana no convívio do Cacém

cartaz-do-4o-convivio-do-clube-tex-portugal-da-autoria-de-antonio-lanca-guerreiro1

Cartaz do 4º convívio do Clube Tex Portugal, da autoria de António Lança-Guerreiro (na foto)

antonio-lanca-guerreiro-e-a-ilustracao-original-do-cartaz-do-4o-convivio-do-clube-tex-portugal

Foi com a participação dos editores português e brasileiro de Tex, respectivamente Rui Brito e Dorival Vitor Lopes, que decorreu na noite de sábado, dia 3 de Dezembro, no decurso do 4º Convívio do Clube Tex Portugal realizado no conceituado Restaurante Regiões, no Cacém, a entrega da revista nº 5 do Clube Tex Portugal aos sócios presentes, naquele que foi um dos pontos principais deste salutar convívio entre fãs, apreciadores e coleccionadores de banda desenhada no geral e de Tex Willer em particular, numa noite ímpar permeada por um ambiente de alegria, emoção e regozijo, onde estiveram presentes cerca de quatro dezenas de pessoas, com especial destaque para o já tão acarinhado editor Dorival, internacionalizando cada vez mais os convívios do Clube Tex Portugal.

direccao-do-clube-tex-portugal

Direcção do Clube Tex Portugal: Mário João Marques, José Carlos Francisco e Carlos Moreira

texianos-a-mesa1

texianos-a-mesa3

felicidade-texiana-no-feminino

Felicidade texiana no feminino

A entrega das revistas com o artístico emblema do Clube,  foi um autêntico sucesso e foi feita pelos três membros da Direcção do Clube, José Carlos Francisco, presidente, Carlos Moreira, secretário, e Mário João Marques, tesoureiro, e recebida com muita emoção, alegria e até com uma ponta de orgulho pelos inúmeros associados que compareceram a mais este convívio, como se pode verificar nas diversas fotografias que damos a conhecer neste texto e que retratam momentos em que alguns dos sócios receberam a tão desejada revista (ou melhor dizendo revistas, já que a quase totalidade dos sócios adquiriu também a versão com a capa variante) número 5 do Clube Tex Portugal, uma revista feita exclusivamente para sócios, revista essa devidamente autorizada pela Sergio Bonelli Editore e que contou com uma capa exclusiva da autoria de Maurizio Dotti.

exemplares-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

Exemplares da revista nº 5 do Clube Tex Portugal

direccao-do-clube-tex-portugal-entrega-revista-no-5-do-clube-ao-editor-dorival-vitor-lopes1

Direcção do Clube Tex Portugal entrega revista nº 5 ao editor Dorival Vitor Lopes

editor-rui-brito-com-as-duas-versoes-da-revista-no-5

Editor Rui Brito com as duas versões da revista nº 5

presidente-jose-carlos-francisco-e-os-seus-exemplares-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

O presidente do Clube, José Carlos Francisco, e os seus exemplares da revista nº 5

carlos-moreira-entrega-a-revista-a-socia-ana-beatriz

Carlos Moreira entrega a revista à sócia Ana Beatriz

cristina-amaral-e-a-revista-no-5-e-carlos-goncalves

antonio-lanca-guerreiro-e-paulo-aguilar

jose-manuel-cristovao-e-pedro-bouca

antonio-rebocho-e-rui-cunha

fernando-marques-e-esposa-joana-e-humberto

Aos sócios que pelos mais diversos motivos não puderam comparecer ao 4º Convívio do Clube português deste icónico herói do Oeste americano, a Direcção do Clube Tex Portugal informa que a revista gratuita a que cada sócio tem direito (assim como as demais revistas extras solicitadas) vão começar a ser enviadas pelo correio no decorrer da próxima semana, pelo que, prezado sócio, irá receber o(s) seu(s) exemplar(es) muito brevemente, de modo a poder desfrutá-lo(s).

conversas-texianas

Conversas texianas: Rui Brito, Dorival, José Carlos e Pedro Bouça

joao-amaral-a-desenhar-tex-no-convivio-texiano-do-cacem

João Amaral a desenhar Tex no convívio do Cacém

bolo-texiano-e-champanhe

Bolo texiano e champanhe

a-direccao-do-clube-tex-portugal-e-composta-por-tres-pards-mas-nada-disto-seria-possivel-sem-as-squaws-teresa-moreira-e-fatima-francisco-ou-seja-um-trio-que-na-verdade-e-um-quinteto

“O quinteto”: Carlos Moreira, Fátima Francisco, Mário João Marques, Teresa Moreira e José Carlos Francisco

A direcção do Clube Tex Portugal é composta por três pards… mas nada disto seria possível sem os apoios, as colaborações e, sobretudo, as participações das squaws Teresa Moreira e Fátima Francisco, ou seja, um trio que, na verdade, é um quinteto.

(Reportagem extraída, com a devida vénia, do Tex Willer Blog. Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas).

JANTAR/CONVÍVIO DO CLUBE TEX PORTUGAL

cartaz-do-4o-convivio-do-clube-tex-portugal-da-autoria-de-antonio-lanca-guerreiro

Durante este convívio, que já conta com numerosas inscrições, será distribuída aos sócios a Revista nº 5 do Clube Tex Portugal, com duas capas (principal e alternativa) realizadas expressamente pelo mestre Maurizio Dotti.

Uma menção especial também para o magnífico cartaz deste evento texiano, da autoria do desenhador português António Lança Guerreiro.

Para além da entrega de um exemplar gratuito da Revista nº 5 do Clube Tex Portugal a cada associado presente, o jantar servirá principalmente para fomentar e fortalecer o convívio texiano e também para debater as principais iniciativas do Clube Tex Portugal para 2017, com especial incidência numa 4ª Mostra a realizar em Abril, novamente na Bairrada, que contará com a presença de mais dois renomados autores de Tex e que incluirá também novas exposições dedicadas ao Ranger.

Aos sócios, com as quotas do mês de Dezembro pagas, que não possam comparecer ao jantar/convívio do Cacém, será enviado pelo correio, em data posterior, o respectivo exemplar da revista nº 5 do Clube Tex Portugal.

revista-no-5-clube-tex-portugal

A ARTE FENOMENAL DE MAURIZIO DOTTI NA REVISTA DO CLUBE TEX PORTUGAL

Após Andrea Venturi (revista nº 1), Fabio Civitelli (nº 2), Luca Vannini (nº 3) e Enrique Breccia (nº 4), MAURIZIO DOTTI é o desenhador de Tex que realizou as capas (principal e variante) da edição nº 5 da revista do Clube Tex Portugal (a distribuir em Dezembro), engrandecendo ainda mais o fantástico naipe de desenhadores do Ranger que se pôs ao serviço do clube português dedicado à mítica personagem criada, em 1948, por Gian Luigi Bonelli (texto) e Aurelio Galleppini (arte).

Capas essas já divulgadas recentemente no blogue português do Tex e que hoje damos a conhecer aos nossos leitores do esboço à arte final!

Os esboços e as ARTES FINAIS  das capas da revista nº 5 do Clube Tex Portugal

Capa variante da revista nº 5 do Clube Tex Portugal

capa-variante-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal1

Como habitualmente, os sócios do Clube Tex Portugal (com excepção dos sócios menores) COM AS QUOTAS DO MÊS DE DEZEMBRO PAGAS, terão direito a receber gratuitamente um exemplar da revista. Dado que este 5º número será publicado com duas versões da capa, o exemplar gratuito será o da versão com o desenho de Tex e Jack Tigre.

Adicionalmente, sem qualquer limite, os sócios podem adquirir mais exemplares da revista, quer da versão oficial quer da versão alternativa, sendo o preço unitário de 10 euros.

Deste modo, todos os sócios que desejem adquirir exemplares da revista, devem informar desde já o Clube Tex Portugal, na forma de comentário a este post ou escrevendo para José Carlos Francisco (josebenfica@hotmail.com), indicando o número de exemplares pretendido para cada versão da capa e procedendo ao respectivo pagamento na conta do Clube Tex Portugal ou através de Paypal, enviando o comprovativo desse mesmo pagamento.

  • logotipo-do-clube-tex-portugalPagamentos internacionais por transferência bancária  devem ser feitos com todas as despesas a serem suportadas pelo ordenador, sem qualquer dedução no valor a receber pelo Clube, devendo ser creditada a conta PT50003600009910590434664 em nome do Clube Tex Portugal na Caixa Económica Montepio Geral – código swift: MPIOPTPL.
  • Pagamentos nacionais por transferência bancária  devem ser feitos para o IBAN PT50003600009910590434664.
  • Pagamentos por Paypal devem ser efectuados para o e-mail cacem.moreira@gmail.com com todas as despesas a serem suportadas pelo ordenador, sem qualquer dedução no valor a receber pelo Clube.

(Nota: Este artigo foi reproduzido, com a devida vénia, do Tex Willer Blog. Para aproveitar a extensão completa  das imagens, clique nas mesmas).

OS “COW-BOYS” DE ANTIGAMENTE

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

NOTA: Este longo e pormenorizado artigo de Carlos Gonçalves sobre os saudosos heróis do western que pululavam no cinema e nas histórias aos quadradinhos, com destaque para o panorama das revistas brasileiras de cowboys, foi previamente publicado no nº 4 da Revista do Clube Tex Portugal, em Junho do corrente ano, mas sem a parte final, sobre os cowboys criados por desenhadores e argumentistas brasileiros.

Carlos Gonçalves, um dos maiores especialistas portugueses da Nona Arte e dinâmico membro directivo do Clube Português de Banda Desenhada — que lhe deve, em grande parte, o vigoroso impulso com que renasceu de um longo letargo, tendo este ano celebrado festivamente o seu 40º aniversário —, voltará em breve a obsequiar este blogue com outros trabalhos profusamente documentados (e ilustrados).

Realce também para Edgard Guimarães, outro grande dinamizador das “histórias em quadrinhos” (como são conhecidas no Brasil), e o valioso contributo que deu para a elabo- ração deste artigo — publicado igualmente no seu fanzine Q.I. —, tanto no arranjo gráfico como alargando-o ao universo dos autores e editores brasileiros que criaram inúmeras séries originais, com cowboys arquetípicos que fomentaram também a popularidade do western (ver o seu texto na última página).