REVISTA DO CLUBE TEX PORTUGAL: UMA DESLUMBRANTE SUCESSÃO DE CAPAS

Nesta magnífica galeria, estão patentes todas as capas da Revista do Clube Tex Portugal (nºs 1 a 5), da autoria de quatro ilustradores italianos e um sul-americano, todos já com provas dadas nas suas prolíficas carreiras e também no que a Tex, o maior herói da BD western, diz respeito: Andrea Venturi (nº 1, ao centro), Fabio Civitelli (nº 2, em baixo, à esquerda), Luca Vannini (nº 3, ao alto, à esquerda), Enrique Breccia (nº 4, ao alto, à direita) e Maurizio Dotti (nº 5, em baixo, à direita).
A partir do seu segundo número, a Revista do Clube Tex Portugal passou a ter duas capas diferentes (do mesmo autor), iniciando assim um percurso coroado de êxito, como manifestamente prova a adesão cada vez maior dos texianos portugueses, italianos, brasileiros e de outros países, a um projecto que parece imparável. Pois já está quase a chegar às mãos dos leitores a revista nº 6, cujas capas foram ilustradas por outro magnífico artista italiano: Massimo Rotundo.
Perante tamanha qualidade e diversidade, ocorre-nos perguntar, com justificada expectativa: quando chegará a vez de um desenhador lusitano ter a mesma honra? Parece-nos que, entre nós, também há por onde escolher…

(Para aproveitar a extensão completa da imagem, com as capas da revista do Clube Tex Portugal, clique na mesma).

Advertisements

A REVISTA DO CLUBE TEX PORTUGAL SOMA E SEGUE

tex-contracapa-5-281-copy

Ilustração de Michele Benevento na contracapa da revista  nº 5 do Clube Tex Portugal.

A revista nº 5 do Clube Tex Portugal, que começou no passado mês de Dezembro a ser enviada aos sócios do Clube, continua a chegar aos seus destinatários, seja através da entrega pessoal por parte do director Carlos Moreira, seja por via postal, não somente para Portugal, mas também para os países onde existem associados do Clube Tex Portugal, como por exemplo na Itália, França e Holanda.

Recheado de interesse, como todas as edições anteriores, com ilustrações inéditas de  artistas italianos e portugueses, a começar pelas espectaculares capas (a principal e a extra), da autoria de Maurizio Dotti, este número da revista do Clube Tex Portugal será certamente lido num fôlego por todos os sócios, alguns dos quais já enviaram as suas fotografias ao Tex Willer Blog (de onde reproduzimos várias, com a devida vénia), exibindo com regozijo os novos exemplares que vieram enriquecer a sua colecção.

francesco micoli com as duas versões da revista nº 5 do Clube Português

Francesco Micoli com as duas versões da revista nº 5 do Clube Português.

roberto-roli-exibe-orgulhosamente-a-revista-no-5-do-clube-tex-portugal-juntamente-com-as-duas-versoes-de-o-segredo-do-juiz-bean-da-polvo-editora

Roberto Roli exibe orgulhosamente a revista nº 5 do Clube Tex Portugal, juntamente com as duas versões de “O Segredo do Juiz Bean”, da Polvo Editora.

Sócio António Moreira, em França, exibe a revista nº 5 do Clube Tex Portugal.

socia-fernanda-martins-na-holanda-lendo-a-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

A sócia Fernanda Martins, na Holanda, lendo a revista nº 5 do Clube Tex Portugal.

socia-teresa-moreira-exibe-as-suas-duas-revistas-no-5-do-clube-tex-portugal

A sócia Teresa Moreira exibe as suas duas revistas nº 5 do Clube Tex Portugal.

as-duas-versoes-da-revista-nc-5-do-clube-tex-portugal-nas-maos-do-socio-pedro-martins

As duas versões da revista nº 5 do Clube Tex Portugal nas mãos do sócio Pedro Martins.

Partilhamos também, com os nossos leitores que ainda não conhecem a revista do Clube Tex Portugal, o sumário deste número e algumas das suas 48 páginas, recheadas, como já referimos, de magníficas ilustrações e de textos escritos pelos seus melhores colaboradores, portugueses, brasileiros e italianos, cujo entusiasmo, talento e dedicação à revista e ao Clube que ostentam o nome da mítica criação de Gianluigi Bonelli e Aurelio Galleppini, é a principal razão por que esta briosa equipa, chefiada por Mário João Marques (director) e José Carlos Francisco (coordenador), tem sido capaz de superar o excelente trabalho realizado, número após número.

Parabéns, pois, ao Clube Tex Portugal, que já começou a organizar a sua próxima Mostra, em Anadia, com data marcada para 29/30 de Abril de 2017 e a presença de mais dois autores italianos ligados a Tex e à editora Bonelli, mas também com um ilustre passado no mundo dos fumetti: Andrea Venturi e Leomacs (Massimiliano Leonardo).

(Ver mais notícias sobre esta Mostra e a revista do Clube Tex Portugal no Tex Willer Blog: http://texwillerblog.com/wordpress/?p=69722)

associe-se-ao-clube-tex-portugal-copy

O 4º GRANDE CONVÍVIO DO CLUBE TEX PORTUGAL

Reportagem de José Carlos Francisco (texto e fotos) e Cristina Costa Amaral (fotos)

direccao-do-clube-tex-portugal-e-os-editores-de-tex-nº-lancamento-da-revista-no-5-do-clube

Direcção do Clube Tex Portugal e os editores de Tex (Dorival Vitor Lopes e Rui Brito) no lançamento da revista nº 5 do Clube

familia-texiana-no-lancamento-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

Família texiana no 4º convívio do Clube Tex Portugal

Família-texiana-no-lancamento-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal1

A grande família texiana no convívio do Cacém

cartaz-do-4o-convivio-do-clube-tex-portugal-da-autoria-de-antonio-lanca-guerreiro1

Cartaz do 4º convívio do Clube Tex Portugal, da autoria de António Lança-Guerreiro (na foto)

antonio-lanca-guerreiro-e-a-ilustracao-original-do-cartaz-do-4o-convivio-do-clube-tex-portugal

Foi com a participação dos editores português e brasileiro de Tex, respectivamente Rui Brito e Dorival Vitor Lopes, que decorreu na noite de sábado, dia 3 de Dezembro, no decurso do 4º Convívio do Clube Tex Portugal realizado no conceituado Restaurante Regiões, no Cacém, a entrega da revista nº 5 do Clube Tex Portugal aos sócios presentes, naquele que foi um dos pontos principais deste salutar convívio entre fãs, apreciadores e coleccionadores de banda desenhada no geral e de Tex Willer em particular, numa noite ímpar permeada por um ambiente de alegria, emoção e regozijo, onde estiveram presentes cerca de quatro dezenas de pessoas, com especial destaque para o já tão acarinhado editor Dorival, internacionalizando cada vez mais os convívios do Clube Tex Portugal.

direccao-do-clube-tex-portugal

Direcção do Clube Tex Portugal: Mário João Marques, José Carlos Francisco e Carlos Moreira

texianos-a-mesa1

texianos-a-mesa3

felicidade-texiana-no-feminino

Felicidade texiana no feminino

A entrega das revistas com o artístico emblema do Clube,  foi um autêntico sucesso e foi feita pelos três membros da Direcção do Clube, José Carlos Francisco, presidente, Carlos Moreira, secretário, e Mário João Marques, tesoureiro, e recebida com muita emoção, alegria e até com uma ponta de orgulho pelos inúmeros associados que compareceram a mais este convívio, como se pode verificar nas diversas fotografias que damos a conhecer neste texto e que retratam momentos em que alguns dos sócios receberam a tão desejada revista (ou melhor dizendo revistas, já que a quase totalidade dos sócios adquiriu também a versão com a capa variante) número 5 do Clube Tex Portugal, uma revista feita exclusivamente para sócios, revista essa devidamente autorizada pela Sergio Bonelli Editore e que contou com uma capa exclusiva da autoria de Maurizio Dotti.

exemplares-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

Exemplares da revista nº 5 do Clube Tex Portugal

direccao-do-clube-tex-portugal-entrega-revista-no-5-do-clube-ao-editor-dorival-vitor-lopes1

Direcção do Clube Tex Portugal entrega revista nº 5 ao editor Dorival Vitor Lopes

editor-rui-brito-com-as-duas-versoes-da-revista-no-5

Editor Rui Brito com as duas versões da revista nº 5

presidente-jose-carlos-francisco-e-os-seus-exemplares-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal

O presidente do Clube, José Carlos Francisco, e os seus exemplares da revista nº 5

carlos-moreira-entrega-a-revista-a-socia-ana-beatriz

Carlos Moreira entrega a revista à sócia Ana Beatriz

cristina-amaral-e-a-revista-no-5-e-carlos-goncalves

antonio-lanca-guerreiro-e-paulo-aguilar

jose-manuel-cristovao-e-pedro-bouca

antonio-rebocho-e-rui-cunha

fernando-marques-e-esposa-joana-e-humberto

Aos sócios que pelos mais diversos motivos não puderam comparecer ao 4º Convívio do Clube português deste icónico herói do Oeste americano, a Direcção do Clube Tex Portugal informa que a revista gratuita a que cada sócio tem direito (assim como as demais revistas extras solicitadas) vão começar a ser enviadas pelo correio no decorrer da próxima semana, pelo que, prezado sócio, irá receber o(s) seu(s) exemplar(es) muito brevemente, de modo a poder desfrutá-lo(s).

conversas-texianas

Conversas texianas: Rui Brito, Dorival, José Carlos e Pedro Bouça

joao-amaral-a-desenhar-tex-no-convivio-texiano-do-cacem

João Amaral a desenhar Tex no convívio do Cacém

bolo-texiano-e-champanhe

Bolo texiano e champanhe

a-direccao-do-clube-tex-portugal-e-composta-por-tres-pards-mas-nada-disto-seria-possivel-sem-as-squaws-teresa-moreira-e-fatima-francisco-ou-seja-um-trio-que-na-verdade-e-um-quinteto

“O quinteto”: Carlos Moreira, Fátima Francisco, Mário João Marques, Teresa Moreira e José Carlos Francisco

A direcção do Clube Tex Portugal é composta por três pards… mas nada disto seria possível sem os apoios, as colaborações e, sobretudo, as participações das squaws Teresa Moreira e Fátima Francisco, ou seja, um trio que, na verdade, é um quinteto.

(Reportagem extraída, com a devida vénia, do Tex Willer Blog. Para aproveitar a extensão completa das imagens, clique nas mesmas).

JANTAR/CONVÍVIO DO CLUBE TEX PORTUGAL

cartaz-do-4o-convivio-do-clube-tex-portugal-da-autoria-de-antonio-lanca-guerreiro

Durante este convívio, que já conta com numerosas inscrições, será distribuída aos sócios a Revista nº 5 do Clube Tex Portugal, com duas capas (principal e alternativa) realizadas expressamente pelo mestre Maurizio Dotti.

Uma menção especial também para o magnífico cartaz deste evento texiano, da autoria do desenhador português António Lança Guerreiro.

Para além da entrega de um exemplar gratuito da Revista nº 5 do Clube Tex Portugal a cada associado presente, o jantar servirá principalmente para fomentar e fortalecer o convívio texiano e também para debater as principais iniciativas do Clube Tex Portugal para 2017, com especial incidência numa 4ª Mostra a realizar em Abril, novamente na Bairrada, que contará com a presença de mais dois renomados autores de Tex e que incluirá também novas exposições dedicadas ao Ranger.

Aos sócios, com as quotas do mês de Dezembro pagas, que não possam comparecer ao jantar/convívio do Cacém, será enviado pelo correio, em data posterior, o respectivo exemplar da revista nº 5 do Clube Tex Portugal.

revista-no-5-clube-tex-portugal

A ARTE FENOMENAL DE MAURIZIO DOTTI NA REVISTA DO CLUBE TEX PORTUGAL

Após Andrea Venturi (revista nº 1), Fabio Civitelli (nº 2), Luca Vannini (nº 3) e Enrique Breccia (nº 4), MAURIZIO DOTTI é o desenhador de Tex que realizou as capas (principal e variante) da edição nº 5 da revista do Clube Tex Portugal (a distribuir em Dezembro), engrandecendo ainda mais o fantástico naipe de desenhadores do Ranger que se pôs ao serviço do clube português dedicado à mítica personagem criada, em 1948, por Gian Luigi Bonelli (texto) e Aurelio Galleppini (arte).

Capas essas já divulgadas recentemente no blogue português do Tex e que hoje damos a conhecer aos nossos leitores do esboço à arte final!

Os esboços e as ARTES FINAIS  das capas da revista nº 5 do Clube Tex Portugal

Capa variante da revista nº 5 do Clube Tex Portugal

capa-variante-da-revista-no-5-do-clube-tex-portugal1

Como habitualmente, os sócios do Clube Tex Portugal (com excepção dos sócios menores) COM AS QUOTAS DO MÊS DE DEZEMBRO PAGAS, terão direito a receber gratuitamente um exemplar da revista. Dado que este 5º número será publicado com duas versões da capa, o exemplar gratuito será o da versão com o desenho de Tex e Jack Tigre.

Adicionalmente, sem qualquer limite, os sócios podem adquirir mais exemplares da revista, quer da versão oficial quer da versão alternativa, sendo o preço unitário de 10 euros.

Deste modo, todos os sócios que desejem adquirir exemplares da revista, devem informar desde já o Clube Tex Portugal, na forma de comentário a este post ou escrevendo para José Carlos Francisco (josebenfica@hotmail.com), indicando o número de exemplares pretendido para cada versão da capa e procedendo ao respectivo pagamento na conta do Clube Tex Portugal ou através de Paypal, enviando o comprovativo desse mesmo pagamento.

  • logotipo-do-clube-tex-portugalPagamentos internacionais por transferência bancária  devem ser feitos com todas as despesas a serem suportadas pelo ordenador, sem qualquer dedução no valor a receber pelo Clube, devendo ser creditada a conta PT50003600009910590434664 em nome do Clube Tex Portugal na Caixa Económica Montepio Geral – código swift: MPIOPTPL.
  • Pagamentos nacionais por transferência bancária  devem ser feitos para o IBAN PT50003600009910590434664.
  • Pagamentos por Paypal devem ser efectuados para o e-mail cacem.moreira@gmail.com com todas as despesas a serem suportadas pelo ordenador, sem qualquer dedução no valor a receber pelo Clube.

(Nota: Este artigo foi reproduzido, com a devida vénia, do Tex Willer Blog. Para aproveitar a extensão completa  das imagens, clique nas mesmas).

ENTREVISTA A JOSÉ CARLOS FRANCISCO, PRESIDENTE DO CLUBE TEX PORTUGAL, SOBRE A 3ª MOSTRA NO MUSEU DO VINHO BAIRRADA (ANADIA)

Jornal Região Bairradina, de 04/05/2016
Texto da secção Bairrada Anadia
Por: Inês Maia de Almeida

Jornal-Região-Bairradina-noticia-a-3ª-Mostra-do-Clube-Tex-Portugal-realizada-no-Museu-do-Vinho-Bairrada-com-ENTREVISTA-a-José-Carlos-Francisco

Jornal “Região Bairradina” noticiou a 3ª Mostra do Clube Tex Portugal, realizada no Museu do Vinho Bairrada, com uma grande entrevista a José Carlos Francisco, que transcrevemos, com a devida vénia, do Tex Willer Blog (onde este evento tem sido largamente divulgado):

«O Clube Tex Portugal reuniu, nos passados dias 23 e 24 de Abril, centenas de amantes daquela banda desenhada. O evento decorreu no Museu do Vinho Bairrada e, para além do público bairradino e nacional, reuniu diversos fãs de outros países. Segundo José Carlos Francisco, responsável pelo clube, o balanço não podia ser mais positivo, facto que se deve também à presença de dois dos mais consagrados desenhadores italianos, como são Massimo Rotundo e Maurizio Dotti.

Que balanço faz da mostra deste ano?
O balanço desta terceira mostra do Clube Tex Portugal, realizada uma vez mais no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, é extremamente positivo a todos os níveis, sobretudo porque foi mais um grande evento que atraiu centenas de amantes da banda desenhada em geral e da personagem Tex em particular, à capital da Bairrada, mas sobretudo pelo feedback recebido por parte dos convidados internacionais assim como pelos muitos elogios transmitidos pelos visitantes que durante os dois dias puderam assistir e participar, entre outras coisas, a conversas, sessões de autógrafos e de desenho ao vivo, mas especialmente ao lançamento, pela Polvo Editora, da edição “Tempestade sobre Galveston”, uma excelente obra escrita por Pasquale Ruju e magnificamente desenhada por Massimo Rotundo, naquele que foi o segundo volume da colecção Tex Romance Gráfico. E seguramente a diversidade e excelência da programação, aliada à presença de dois dos mais consagrados desenhadores italianos, como são Massimo Rotundo e Maurizio Dotti, foi um dos pilares para o sucesso desta terceira mostra, onde se destacaram também a excelente atmosfera e o belo ambiente vivido num fim de semana verdadeiramente texiano.Família-Texiana-no-Museu-do-Vinho-Bairrada-

Observa-se um crescimento do interesse do público a cada ano que passa?
Sem dúvida! Essa foi aliás a maior constatação feita de imediato aquando da cerimónia de inauguração desta 3ª mostra, quando se verificou que o auditório do Museu do Vinho Bairrada estava completamente esgotado, com diversas pessoas a terem que assistir de pé aos discursos e apresentações da praxe. A grande divulgação feita pela imprensa nacional, mas também internacional, foi também muito importante para o aumento do público, já que há cada vez mais gente a tomar conhecimento do evento e prova disso é que tivemos duas dezenas de visitantes oriundos da Itália, Espanha, Holanda e Brasil, assim como de pessoas vindas de todo o país, o que originou que os estabelecimentos hoteleiros de Anadia lotassem, levando muitos visitantes a alojarem-se na Curia e até na Mealhada. O que se observa é que quem veio às edições anteriores regressa novamente e a esse número acresce quem vem pela primeira vez, fazendo com que a tendência seja um aumento de público a cada novo ano, inclusive as gentes de Anadia cada vez nos brindam mais com a sua presença, motivadas certamente pelo facto de poderem assistir a um acontecimento cultural de nível internacional realizado na sua região.

Qual foi o feedback dos autores presentes na mostra?
Ambos os autores, agradavelmente surpreendidos tanto no que diz respeito à recepção quanto à organização, elogiaram a eficiente organização do evento, considerando mesmo tratar-se de uma manifestação profissional e muito bem organizada, ao nível dos melhores eventos similares realizados na Itália, com uma sequência de acontecimentos (apresen- tações, debates, workshop) muito bem estudada, destacando ainda o carinho e a paixão sentida pelo público português, muito atento não só ao desenhador mas também à pessoa, agradecendo a cordialidade e generosidade recebida por parte do público presente que tornou este evento inesquecível para ambos, devido sobretudo ao enorme calor humano vivenciado em Anadia. Mas o que mais os impressionou na mostra portuguesa foi a escolha do local, o Museu do Vinho Bairrada, elegante e significativo ao mesmo tempo. Ambos prometeram regressar novamente ao nosso país, num período de férias, para poderem desfrutar com mais tempo e disponibilidade as belezas ímpares da nossa região.José-Carlos-Francisco-Maurizio-Dotti-Vice-Presidente-da-Câmara-Municipal-de-Anadia-Eng.-Jorge-Sampaio-Massimo-Rotundo-vereador-Lino-Pintado-e-Dr.-Pedro-Dias-director-do-Museu-do-Vinho-Bairrada

E do público?
O feedback do público foi intenso, bastante positivo e de extrema importância, além de bem recompensador, comprovando que estamos no bom caminho e dando ainda mais estímulo para fazermos mais e melhor nos próximos anos, havendo uma grande interacção do público com os autores que cativaram toda a gente com a sua simpatia e simplicidade. Para nós, da organização, foi um verdadeiro prazer constatar que as pessoas, inclusive os responsáveis pelo município, apreciaram o trabalho que fizemos em prol da banda desenhada e da própria região, prometendo voltar nos próximos eventos, após um fim de semana muito bem passado, na companhia de muitos outros fãs e coleccionadores de Tex.

Qual considera ter sido o ponto alto da mostra?
Esta mostra de 2016 teve, felizmente, muitos pontos altos, tais como a presença dos desenhadores italianos, as exposições pessoais de ambos os autores, o lançamento do livro “Tempestade sobre Galveston”, mas sem dúvida alguma que o ponto mais alto foi a cerimónia de inauguração, onde para além dos autores estiveram presentes as mais altas personalidades do município de Anadia e a própria direcção do Museu, assim como um elevado número de pessoas que encheram literalmente o belo auditório, comprovando logo ali que iríamos ter mais um estrondoso êxito.Grande-disponibilidade-de-Dotti-e-Rotundo-para-atenderem-os-seus-fãs

O Clube tem mais alguma actividade programada a curto/médio prazo?
A curto/médio prazo, ou seja ainda este ano, vamos ter já em Junho o lançamento, em exclusivo para cerca de 150 sócios, da revista nº 5 do clube, uma revista de estudo da personagem, que é cobiçada em todo o mundo, inclusive por ter a colaboração de muitos autores e onde destacamos a publicação, pela primeira vez a cores, da história “A Presa”, escrita por Mauro Boselli e desenhada por Fabio Civitelli, com a devida autorização da editora italiana e que certamente será mais um grande êxito para o clube. Como o magazine do clube é semestral, no final do ano teremos o lançamento da edição nº 6, que ocorrerá em Dezembro no convívio natalício a realizar no Cacém e onde deveremos contar com a presença de mais um desenhador italiano do staff de Tex.

O público pode já pensar na quarta mostra do clube em Anadia?
Pode e deve porque já estamos a trabalhar na edição do próximo ano a realizar novamente no Museu do Vinho Bairrada e que trará novamente dois dos mais consagrados desenhadores de Tex à capital da Bairrada, mas certamente será uma mostra ainda com mais público e sobretudo com mais público jovem, tendo em conta que nesta 3ª mostra o município de Anadia e a direcção do Museu lançaram um importante desafio ao Clube Tex Portugal, desafio esse que consiste em levar o Tex às escolas do município e que a direcção do Clube Tex Portugal aceitou de pronto, porque é muito importante “ensinar” os nossos jovens a adquirirem o gosto pela leitura e aproximar os nossos jovens alunos do livro, promovendo, também desta forma, a leitura e o livro. E a banda desenhada em geral e o Tex em particular, apesar de não ser uma leitura integralmente para jovens, pode ser um bom instrumento nesse sentido. Outro grande acontecimento previsto para a quarta mostra do clube, será a exposição de cerca de 40 obras resultantes de um concurso de desenho que será levado a cabo pelo clube com o apoio do Município de Anadia e do Museu do Vinho Bairrada, cujo tema será o “Tex e o vinho” e que certamente contará com a adesão de participantes não somente de Portugal mas também de outros países onde Tex é conhecido, levando assim ainda mais longe o nome de Anadia».O-auditório-do-Museu-do-Vinho-Bairrada-a-encher-se-para-a-inauguração-da-3ª-Mostra-do-Clube-Tex-Portugal

Copyright: © 2016 Jornal Região Bairradina & Inês Maia de Almeida