FABIO CIVITELLI VENCE O PRÉMIO DO MELHOR DESENHADOR ITALIANO DE 2017

Por Thiago Gardinali e Joana Rosa Russo

No âmbito da Mostra Mercato del Fumetto de Reggio Emilia, actualmente na sua 58ª edição, organizada pela Anafi (Associa- zione Nazionale Amici del Fumetto e dell’Illustrazione), em colaboração com os Arci di Reggio, realizou-se no passado dia 27 de Maio de 2017, em Reggio Emilia, a tradicional cerimónia da entrega dos prestigiosos prémios Anafi, na (repleta) Sala de Conferências da Feira de Reggio, prémios esses destinados às maiores personalidades do ano no que à banda desenhada diz respeito.

Na categoria de MELHOR DESENHADOR ITALIANO, em 2017, e em competição com outros quatro candidatos eleitos pelo Conselho Directivo da Anafi, foi premiado o consagrado desenhador (de Tex) FABIO CIVITELLI. Prémio esse recebido na presença de Thiago Gardinali, o conceituado jornalista, repórter, apresentador e director de televisão brasileiro, que no passado mês de Abril veio a Anadia cobrir a 4ª Mostra do Clube Tex Portugal, e que nos informou que Civitelli revelou ao público ser o responsável pela tão aguardada revista Tex #700, que sairá em 2019.

Durante a conversa, Civitelli ainda deixou escapulir mais alguns detalhes: confirmou que é Giovanni Ticci quem está a desenhar o especial dos 70 anos, que será lançado no próximo ano (2018), a cores e numa caixa especial. Esta edição contará uma importante história sobre o passado de Tex, com informações nunca antes reveladas. De qualquer forma, todas estas publicações — e ainda outras — retratarão o passado de Tex por ocasião do seu septuagésimo aniversário. Então, esperem por MUITAS novidades!!!

Civitelli revelou mais: a Bonelli autorizou os seus melhores escritores a produzirem histórias sobre o passado da mítica personagem italiana, com informações, sobretudo do período da infância e adolescência de Kit Willer, nunca abordadas em nenhuma história.

Thiago Gardinali confidenciou-nos que o mestre acabou recebendo o prémio da ANAFI como melhor desenhador, em escolha feita pelos associados da Anafi através da Internet. Não é para menos que Civitelli é reconhecido: seu traço inconfundível, limpo e harmónico, conversa com o roteiro, não deixando dúvidas sobre sua importância dentro do staff da Sergio Bonelli Editore. Sua competência única faz o leitor mergulhar na história, libertando a imaginação com a riqueza de detalhes e delicadeza de ilustração.

(Post reproduzido do Tex Willer Blog, com a devida vénia aos seus autores. Para ampliar as imagens em toda a sua extensão, clicar duas vezes sobre elas).