FANZINES DE JOSÉ PIRES: “FANDWESTERN” (COM MAIS EPISÓDIOS INÉDITOS DE MATT MARRIOTT)

Uma das grandes séries clássicas da BD europeia a que José Pires sempre dedicou especial carinho, foi o empolgante western inglês Matt Marriott — também conhecido entre nós, quando se estreou no Mundo de Aventuras, pelo nome (de origem desconhecida) Calidano —, western esse que alia à extraordinária realização gráfica de Tony Weare, um virtuoso da escola inglesa da 2ª metade do século XX, a originalidade e o dramatismo dos argumentos, na sua maioria escritos por James Edgar.

Com dois autores desta craveira, a série conquistou enorme popularidade nalguns países, mas Portugal é o único onde tem sido sistematicamente reeditada, graças, em boa parte, ao entusiasmo de José Pires, que desde os primeiros números do Fandwestern, criado há quase 30 anos, elegeu Matt Marriott como um dos seus personagens favoritos, no género de que mais gosta e que também lhe inspirou algumas das suas melhores obras no campo da Banda Desenhada.

Constituída por 70 episódios, publicados entre 1955 e 1977, a série Matt Marriott foi bastante divulgada nalgumas revistas portuguesas, especialmente no Mundo de Aventuras, mas por vezes em condições deploráveis, devido às más práticas de editores, tradutores, legendadores e paginadores.

Numa tarefa quase homérica, mantendo teimosamente um ritmo de publicação regular, José Pires recuperou mais de seis dezenas de episódios, em formato big size (à italiana) e com as tiras integrais, restauradas a partir de publicações várias (ou de originais pertencentes a um coleccionador particular).

Diga-se desde já que os mais recentes números do Fandwestern têm um interesse acrescido, pois apresentam alguns dos últimos episódios desenhados por Tony Weare e que eram ainda inéditos entre nós. Mais uma performance de José Pires, que, no caso desta série, já editou também (para os leitores mais “fanáticos”) um catálogo com todas as capas, incluindo as primeiras tiras e os títulos originais dos 68 episódios que constituem a colecção. Faltam os dois últimos, infelizmente muito difíceis de arranjar, pois só foram publicados em jornais ingleses.

Estes fanzines (de tiragem bastante limitada) devem ser encomendados directamente ao seu editor, escrevendo para o e-mail gussy.pires@sapo.pt

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s