OS “COW-BOYS” DE ANTIGAMENTE

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

Reflexões sobre

NOTA: Este longo e pormenorizado artigo de Carlos Gonçalves sobre os saudosos heróis do western que pululavam no cinema e nas histórias aos quadradinhos, com destaque para o panorama das revistas brasileiras de cowboys, foi previamente publicado no nº 4 da Revista do Clube Tex Portugal, em Junho do corrente ano, mas sem a parte final, sobre os cowboys criados por desenhadores e argumentistas brasileiros.

Carlos Gonçalves, um dos maiores especialistas portugueses da Nona Arte e dinâmico membro directivo do Clube Português de Banda Desenhada — que lhe deve, em grande parte, o vigoroso impulso com que renasceu de um longo letargo, tendo este ano celebrado festivamente o seu 40º aniversário —, voltará em breve a obsequiar este blogue com outros trabalhos profusamente documentados (e ilustrados).

Realce também para Edgard Guimarães, outro grande dinamizador das “histórias em quadrinhos” (como são conhecidas no Brasil), e o valioso contributo que deu para a elabo- ração deste artigo — publicado igualmente no seu fanzine Q.I. —, tanto no arranjo gráfico como alargando-o ao universo dos autores e editores brasileiros que criaram inúmeras séries originais, com cowboys arquetípicos que fomentaram também a popularidade do western (ver o seu texto na última página).  

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s