OS 70 ANOS DE TEX: CARTAZES DA EXPOSIÇÃO NA AMADORA

Por cortesia do blogue do Tex, apresentamos também não um, mas os DOIS CARTAZES (ambos com artes texianas do consagrado desenhador Bruno Ramella, após a devida aprovação por parte da Sergio Bonelli Editore) referentes à exposição comemorativa dos 70 anos de Tex, evento a realizar nos dias 29 e 30 de Setembro (com a participação dos autores Bruno Ramella e Moreno Burattini) na cidade da Amadora, mais precisamente na sede do Clube Português de Banda Desenhada, evento esse que contará também com uma Mostra composta por 30 pranchas e capas de 30 desenhadores diferentes, que mostrarão a evolução de Tex ao longo destas sete décadas de vida editorial.

Na exposição poderão ser apreciadas artes desses 30 desenhadores que trabalharam com Tex ou que inclusive ainda trabalham, como por exemplo Aurelio Galleppini, popularmente conhecido por Galep, Virgilio Muzzi, Erio Nicolò, Carlo Marcello, Alfonso Font, José Ortiz, Aldo Capitanio, Claudio Villa, Giovanni Ticci, Fabio Civitelli, Pasquale Frisenda, Massimo Rotundo, Stefano Biglia, Stefano Andreucci e até do próprio Bruno Ramella, que estará presente, juntamente com Moreno Burattini, para abrilhantar ainda mais este grandioso evento imperdível para todo o fã e coleccionador de Tex que se preze, até porque 70 anos só se celebram uma vez na vida e nem todos chegam a essa bonita idade…

Voltando aos DOIS CARTAZES, Bruno Ramella acabou por fazer dois desenhos exclusivos do Ranger para o evento português, de modo a que os organizadores lusitanos escolhessem o que considerassem mais apropriado. Mas perante tamanha qualidade de ambos os desenhos, o Clube Português de Banda Desenhada e o Clube Tex optaram por usar as duas ilustrações de Tex para os belíssimos cartazes que divulgamos hoje.

(Texto e imagens extraídos do Tex Willer Blog. Para aproveitar a extensão completa dos cartazes, clique nos mesmos).

Advertisements

OS MELHORES DO OESTE: FÉLIX AUBREY

Eis outra página de curiosidades do Velho Oeste extraída da revista brasileira Epopeia Tri nº 35 (Ebal, 1980), onde se publicou mais um episódio da famosa série italiana “Storia del West”, escrita por Gino D’Antonio e ilustrada por ele próprio, coadjuvado por Renzo Calegari, Sergio Tarquinio, Renato Polese e, mais tarde, Luis Bermejo.

O FUTURO DE TEX

SERGIO BONELLI (autor e editor de BD)

«As novas gerações não gostam de westerns. Tex continua a ser a BD mais vendida em Itália, mas todos os meses perde leitores; pode ser que daqui a cinco ou seis anos já não haja suficientes para o manter. Infelizmente, a BD está destinada a dar lugar, em breve, a outros divertimentos mais fáceis e cativantes».

Declarações proferidas por Sergio Bonelli em 2008. Felizmente, Tex — prestes a comemorar, no final deste mês, 70 anos de carreira (um autêntico veterano!) — continua firme como uma rocha, empunhando bem alto o facho do western clássico, rodeado ainda por uma multidão de leitores fiéis e por uma equipa de talentosos autores e editores que, nos últimos sete anos, lhe deram novo impulso. Sergio Bonelli estava enganado!

LONGA VIDA A TEX!

Ilustração de Gianluca Acciarino, com Sergio Bonelli e os seus personagens: Tex, Zagor e Mister No.

JÁ CHEGOU A PORTUGAL O MATERIAL DA SERGIO BONELLI PARA A EXPOSIÇÃO DOS 70 ANOS DE TEX

Já chegou a Portugal o material da Sergio Bonelli Editore para a exposição comemorativa dos 70 anos de Tex, evento a realizar nos dias 29 e 30 de Setembro (com a participação dos autores Moreno Burattini e Bruno Ramella,) na cidade da Amadora, mais precisamente na sede do Clube Português de Banda Desenhada, material esse que já está a ser devidamente emoldurado e pronto a ser exposto. Serão 30 pranchas e capas de 30 desenhadores diferentes que mostrarão a evolução de Tex ao longo destas sete décadas de vida editorial.

Pranchas a expor no evento comemorativo dos 70 anos de Tex, a realizar na Amadora, nos dias 29 e 30 de Setembro

Na foto que ilustra este texto podemos ver artes de Aurelio Galleppini, popularmente conhecido por Galep (a mítica primeira página de Tex, publicada em Setembro de 1948), Virgilio Muzzi, Erio Nicolò, Carlo Marcello, Alfonso Font e José Ortiz

                         A icónica primeira tira de Tex, desenhada por Galep, em 1948

Na exposição do CPBD (em parceria com o Clube Tex Portugal) poderão ser apreciadas artes de 25 outros autores que trabalharam com Tex ou que inclusive ainda trabalham, como por exemplo Aldo Capitanio, Claudio Villa, Giovanni Ticci, Fabio Civitelli, Pasquale Frisenda, Massimo Rotundo, Stefano Biglia, Stefano Andreucci, e até do próprio Bruno Ramella, que estará presente, juntamente com Moreno Burattini, para abrilhantar ainda mais este grandioso evento imperdível para todo o fã e coleccionador de Tex que se preze, até porque 70 anos só se faz uma vez na vida e nem todos chegam a essa linda idade!…

                         A primeira capa da série actual de Tex estará exposta na Amadora

(“Post” reproduzido do Tex Willer Blog. Para aproveitar a extensão completa das imagens supra, clique nas mesmas)

A ARTE DOS MESTRES: GALEP

“Senhor, perdoai-o!”

Nesta singular imagem, a que poderíamos dar o título de O Místico e o Profano” ou O Santo e o Pecador”, vemos São Francisco de Assis (o Santo Poverello) abençoando, com um gesto misericordioso, o célebre pistoleiro Tex Willer, terror dos bandidos que, no mundo dos fumetti, infestam o Oeste Americano.

A arte magnífica é de Aurelio Galleppini (Galep), a quem coube a glória de ter sido, há 70 anos, o primeiro criador gráfico de Tex.

(Imagem reproduzida do Tex Willer Blog)

“A HISTÓRIA DO OESTE” – 1ª PARTE

Nota: Mais um artigo do nosso prezado colaborador Carlos Gonçalves, oriundo, tal como os anteriores, do fanzine brasileiro Q.I. (Quadrinhos Independentes), editado e coordenado por Edgard Guimarães, a quem devemos também a divulgação destes trabalhos no Era uma vez o Oeste. A ambos, os nossos agradecimentos.

A 2ª parte desta excelente resenha sobre a famosa série italiana Storia del West, que (em português) só os leitores da edição brasileira publicada pela EBAL conhecem até ao último número, aparecerá em breve no nosso blogue.

SANDRO SCASCITELLI, OUTRO AUTOR ITALIANO NA REVISTA Nº 8 DO CLUBE TEX PORTUGAL

Por José Carlos Francisco (Tex Willer Blog)

A revista do Clube Tex Portugal, devidamente autorizada pela Sergio Bonelli Editore, neste seu oitavo número, a publicar ainda neste mês de AGOSTO, para além de ter a participação de Laura Zuccheri, com um desenho de Tex e Dinamite (que será publicado na contracapa) e devidamente dedicado ao Clube Tex Portugal, também contará com a ilustre presença do Mestre Sandro Scascitelli!

Sandro Scascitelli no seu estúdio

Para contribuir e valorizar ainda mais este 8º número de uma revista já fadada ao sucesso e que também contará, como já mostrámos, com as colaborações de Pasquale Del Vecchio, Fabio Civitelli e Moreno Burattini (para além das de vários sócios), SANDRO SCASCITELLI vem enriquecer este projecto nacional ao desenhar para o verso da capa da revista uma magnífica ilustração de Tex, devidamente dedicada aos amigos do Clube Tex Portugal:

O verso da capa da revista nº 8 do Clube Tex Portugal terá uma ilustração exclusiva de SANDRO SCASCITELLI, dedicada aos amigos do Clube Tex Portugal

Quem ainda não é sócio e queira fazer parte do Clube Tex Portugal – cujos estatutos podem ser vistos aqui – pode inscrever-se enviando um e-mail para José Carlos Francisco, sendo necessário pagar uma jóia de inscrição de 5,00 € e uma quota mensal de 2,00 € (2,50 € se não for residente em Portugal).